Críticas

Wii Fit

22.Abr.2008 13:41

Não é um jogo... é Wii Fit.

Arrasou no Japão e tudo aponta para que o mesmo venha a acontecer no Ocidente. É para toda a família. É de toda a família. É casual. Chama-se Wii Fit e está para a Wii como Brain Training esteve para a DS, trocando o treino cerebral pelo treino físico.

E se o jogo do Doutor Kawashima dava uso ao stylus, Fit tem como grande protagonista a famosíssima balança. E é realmente grande. E pesada. E bem mais resistente do que parece nas imagens. Outra coisa não seria de esperar de um objecto com capacidade para suportar um máximo de 150 quilos. Diga-se igualmente que o seu design é agradável à vista, podendo ser guardada debaixo de um qualquer móvel.

A sincronia com a consola é feita de forma fácil, no momento em que se liga o jogo. Há também de se fazer referência ao facto de necessitar de um quarteto de pilhas, com as quatro de estreia a fazerem parte do bundle.

Quanto a Wii Fit propriamente dito, nada será muito estranho a quem tiver passado pelo já referido Brain Training. Ou seja, temos o mapa diário, carimbos, estatísticas, actividades que vão sendo desbloqueadas com o decorrer do tempo e novos níveis de dificuldade que se abrem consoante as prestações. Portanto, a base é praticamente a mesma. Obviamente que o treino cerebral não é para aqui chamado. O objectivo é a boa forma física.

Para começar, há que inserir a altura, idade e escolher o bom do Mii que será o nosso avatar durante as sessões. Na verdade, os Mii são as grandes estrelas de Fit, juntamente com uma balança falante e a dupla de personal trainers criados para o jogo – um do sexo masculino e outro do feminino, com a possibilidade de escolha a ser-nos oferecida de bandeja.

A nossa condição física é avaliada diariamente, se assim o quisermos, após a balança ter realizado uma “média” entre o nosso peso e prestação em algumas provas de equilíbrio. O resultado deste teste corporal assume a forma de Wii Fit Age. De notar que os tais resultados - sempre acompanhados pelos belos dos gráficos - podem ser protegidos por palavra passe, evitando assim que olhos mais curiosos fiquem a conhecer o mau estado físico de cada um. Isto porque o jogo não só pode ser o treinador pessoal de vários elementos da família, como também existe a possibilidade da criação de um Wii Fit Channel, acedido directamente da “página de abertura” da consola. Muito engraçado.

Igualmente engraçado é o facto de, no caso de se praticar outras actividades físicas, o tempo “perdido” - e o nível de dificuldade - com elas poder ser adicionado ao ecrã de estatísticas.

Infelizmente, os objectivos não são propostos pelo jogo. Queremos com isto dizer que cabe a cada elemento escolher até onde quer chegar, ou seja, o peso que quer perder, através de um período de tempo, também ele escolhido pelo utilizador. Obviamente que Fit dá conselhos, prevenindo no caso das escolhas feitas não serem apropriadas. Mesmo assim, teria sido mais engraçado se fossem sugeridos objectivos e planos de exercício... o que não acontece.

Ver página seguinte »

Wii Fit

Lançamento: 25 de Abril de 2008

Também disponível para:

Pontuação GameOver

Geral 80
Gráficos
 70
Som
 70
Jogabilidade
 85
Longevidade
 80

Pontuação Utilizadores

76
84 votos
*A pontuação geral não é a média das restantes.

Relacionados

Sugerimos também

Comentários