Críticas

Persona 4 Golden

13.Mai.2013 13:00

Apesar de ser uma adaptação de um jogo de PlayStation 2, Persona 4 Golden assume-se como um dos melhores jogos disponíveis na portátil da Sony.

Um dos melhores RPG de cariz japonês dos últimos anos é Persona 4 para a PlayStation 2, um jogo que chegou agora para a Vita e que se destaca como uma das melhores opções disponíveis na portátil da Sony. Na verdade, Persona 4 Golden não está exatamente “disponível”, já que ao que tudo indica não será comercializado na maioria das lojas portuguesas. No entanto, podem facilmente adquiri-lo através da PS Store da Vita por € 39,99.

O jogo é na sua base idêntico ao que vimos na PS2, mas ainda assim existem algumas diferenças. Foram introduzidas duas interações sociais novas, uma delas com uma personagem totalmente nova, Marie. Ambas incluem informações adicionais sobre a história, acrescentam detalhes ao final e até introduzem masmorras novas para explorarem. O grafismo também foi melhorado, com um formato real de ecrã panorâmico e tratamento de alta definição. Existem ainda novos locais e eventos, várias sequências de animação, mais gravações de voz, mais itens, mais personas… enfim, mais tudo essencialmente. O jogo inclui ainda algumas opções online (mas não multijogador).

Se por outro lado nunca jogaram Persona 4, devem ficar a saber que é um RPG japonês na linha dos outros jogos da Atlus, sobretudo da saga Shin Megami Tensei. Vão encarnar um rapaz que chega a uma pacata aldeia japonesa para viver com o seu tio e prima. A chegada do jovem protagonista coincide com o aparecimento de bizarros homicídios, que o jogador juntamente com alguns colegas de escola vão investigar. Como já é normal na série, Persona 4 inclui vários elementos do sobrenatural e alguns tópicos algo “pesados”, apesar do ambiente Animé.

O jogo divide-se em duas facetas completamente distintas. De um lado o aspeto social, do outro a exploração de masmorras com o tradicional elemento de RPG japonês. O jogador tem exatamente um ano para descobrir quem está por trás destes homicídios macabros e vai viver cada dia do ano individualmente. A maioria dos dias estão divididos entre manhã, tarde e noite, e devem escolher o que fazer em cada um destes elementos, embora muitos estejam já predefinidos (a maioria das manhãs serão passadas na escola, por exemplo).

Podem procurar empregos em part-time, passar tempo com amigos ou participar em atividades extra-escolares, como aulas de teatro ou futebol. Depois existem alturas específicas do ano, como férias ou feriados, com eventos específicos. Cada uma destas possibilidades permite evoluir algumas características do protagonista, como o seu conhecimento ou coragem e também as suas ligações sociais. Cada elo social está associado a um elemento, que por sua vez está conectado a um tipo de Personas (figuras que podem invocar em combate). Assim, quanto mais trabalharem num elemento social, melhor serão as Personas correspondentes.

Ver página seguinte »

Persona 4: Golden

Lançamento: 22 de Fevereiro de 2013

Pontuação GameOver

Geral 89
Gráficos
 85
Som
 90
Jogabilidade
 89
Longevidade
 95

Pontuação Utilizadores

82
12 votos
*A pontuação geral não é a média das restantes.

Relacionados

Vídeos

play

Persona 4: Golden - Críticas

06.Dez.2012

Duração: 00:00:55

Sugerimos também

Comentários