Críticas

Monster Hunter 4 Ultimate - O veredito final do GameOver

27.Fev.2015 18:15

Chegou finalmente ao ocidente a versão portátil definitiva de Monster Hunter. Que a caça comece!

A série Monster Hunter é um grande sucesso no Japão e tem uma premissa muto curiosa: a experiência de caçar monstros gigantescos. No ocidente os jogos são recebidos com menos calor, fruto de uma visão demasiado vincada aos RPGs ocidentais. A preparação para a caça obedecia a demasiados requisitos e o chamado grinding tornava-se penoso, aliado à dificuldade dos combates em si.

Felizmente a mais recente edição na série na 3DS, uma espécie de Director’s Cut, diversos elementos foram introduzidos que tornam a experiência mais acessível e divertida. A primeira delas é simplesmente um maior enfoque na narrativa. Anteriormente, apesar do ambiente, os jogadores eram despejados em sucessivas missões de caça, repetindo-se até à exaustão. Monster Hunter 4: Ultimate mantém esse espírito mas insere-o num contexto mais imersivo, com uma história simples, mas que serve de fio condutor às grandes batalhas que se seguem.    

 

Um dos primeiros aspetos que irão notar nesta aventura é o grafismo 3D apurado, claramente destacado se utilizarem a nova 3DS. Ainda que a interface tenha sido trabalhada em prol de uma experiência em torno de apenas um stick analógico, a introdução de um segundo stick na portátil torna a adaptação mais rápida. Ainda assim, o uso de um botão de centrar a câmara na visão da personagem, e a configuração do dpad (físico ou digital no ecrã tátil) garantem uma experiência igualmente tranquila. Tal como as anteriores versões Ultimate, a aventura ganha novos monstros, quests, classes de personagem e até cenários inéditos. 

Caçador preparado

Tal como é tradição, os jogadores assumem o papel de um aspirante a caçador de monstros. A história começa a bordo de um navio de areia, com a personagem a caminho de uma cidade para se juntar à guilda local de caça. Algo não corre bem e a embarcação é atacada por um gigantesco dragão. Nesta sequência os jogadores têm o primeiro contacto com as mecânicas de jogo e sobretudo a escala de alguns embates que irão encontrar durante a aventura. E irão conhecer também um caçador veterano, que impressionado com o protagonista oferece-lhe um lugar na sua caravana. Toda a população deste acampamento parece viver em prol das grandes caçadas, com as mais variadas profissões: The Man, o ferreiro responsável por armas e armaduras dos guerreiros; um gato cozinheiro cujos petiscos aumentam as capacidades físicas dos caçadores; vendedores, mágicos e até a responsável por organizar as expedições e missões de caça.

Apesar da sua base no género RPG, a personagem não evolui mediante atributos baseados na sua experiência. O aumento do seu poder e das suas estatísticas focam-se no equipamento em uso, no tipo de armas e diferentes peças de armadura. Da mesma forma que não existem classes vincadas e qualquer personagem pode utilizar todas as armas disponíveis. Cada arma oferece uma experiência distinta, ditando mesmo a forma como enfrentam os monstros, entre ataques de proximidade ou à distância.

Ver página seguinte »

Monster Hunter 4 Ultimate

Lançamento: 13 de Fevereiro de 2015

Pontuação GameOver

Geral 90
Gráficos
 88
Som
 86
Jogabilidade
 89
Longevidade
 95

Pontuação Utilizadores

82
10 votos
*A pontuação geral não é a média das restantes.

Relacionados

Vídeos

play

Monster Hunter 4 Ultimate

12.Fev.2015

Duração: 00:01:41

Sugerimos também

Comentários