Notícias

Criador de Minecraft ficou multimilionário pelo Twitter

06.Mar.2015 17:09

A Forbes identifica um comentário no Twitter como o primeiro passo para a aquisição da Mojang.

A compra da Mojang, estúdio que criou Minecraft, pela Microsoft foi um dos momentos mais badalados do ano passado. A aquisição, que ocorreu em setembro por 2,5 mil milhões de dólares, foi uma surpresa para todos os fãs de Minecraft, e surgiram agora dados que apontam o começo das negociações com a Microsoft em junho do mesmo ano.

De acordo com prefil de Markus "Notch" Persson, fundador da Mojang, no site Forbes, tudo começou quando o designer e programador demonstrou a sua frustração pelo Twitter. Após ter criado regulamentação que proibia os jogadores de venderem modificações dentro de Minecraft, a comunidade reagiu negativamente, o que levou Persson a descarregar todas as suas frustrações online.

"Alguém quer comprar as minhas ações da Mojang para eu seguir com a minha vida?", desabafou Persson no dia 17 de junho. "Ser-se odiado por estar a fazer o mais correto não é para mim".

O relatório da Forbes indica que o presidente da Mojang, Carl Manneh, recebeu um telefonema da Microsoft 30 segundos depois de Persson ter atualizado o seu twitter. A companhia perguntou se o criador de Minecraft estava a falar a sério e as negociações começaram a partir daquele momento. A Activision e a Electronic Arts responderam ao comentário de Persson durante a semana seguinte, mas as negociações não avançaram.

Uma das compras mais avultadas da indústria começou como um simples desabafo no Twitter. Este é, sem dúvidas, um mundo entregue à comunicação digital.

Conteúdo: BGamer

Relacionados

Jogos

Sugerimos também

Comentários