Críticas

Antz Racing

24.Abr.2001 11:53

A vidinha da Formiga Z volta a estar ameaçada. Desta vez são os humanos que lhe querem fazer a folha. Mas tudo pode ficar resolvido numa grande corrida.

Os jogos de corridas estão em alta no Game Boy Color. Nas últimas semanas foram lançados para o mercado cinco jogos do género. E AntZ Racing é o melhorzinho de todos.

A pequena personagem da Dreamworks é conhecida por todos os gamers. A adaptação do filme para PlayStation deu muito que falar e apesar não ser tão divertido quanto o anterior, AntZ Racing tem muito speed.

A sobrevivência dos insectos de Anthill está ameaçada. O desenvolvimento das grandes cidades pôs em risco o formigueiro mais conhecido do mundo. Mas uma lenda ancestral é a resposta para as súplicas dos nossos amigos.

Existe um local, longe das acções humanas, onde todos os insectos vivem em harmonia. Esse paraíso chama-se Insectopia, mas o mapa que nos poderia guiar até lá perdeu-se com o tempo.

O objectivo é bem simples, resumindo-se a encontrar os fragmentos deste pergaminho perdido. Para isso, temos de completar todas as corridas no primeiro lugar do pódio e terminar as opções que vão sendo apresentadas.

No que diz respeito aos gráficos, AntZ deixa muito a desejar. As pistas, além de possuírem uma caracterização básica, são monótonas e pouco sinuosas. O som está também um pequeno desastre.

Com um grande nível encontra-se a jogabilidade. A velocidade dos carrinhos é mais que muita e o controlo de cada viatura está simples e simultaneamente viciante.

Para tornar o jogo mais divertido, podemos utilizar os power-ups do costume, ou seja, presentinhos envenenados que servem para acalmar a concorrência.

AntZ Racing pode não ser o jogo dos nossos sonhos, mas que está bem rápido... lá isso está.

Conteúdos: Letras Digitais

Relacionados

Sugerimos também

Comentários