Notícias

10 consolas das quais (quase) ninguém ouviu falar

16.Abr.2012 08:23

Relembramos dez consolas que se afundaram nas suas próprias escolhas de design e decisões estratégicas, ficando votadas ao esquecimento ou lembradas meramente como casos insólitos.

4. Atari Lynx

A Lynx é um daqueles casos curiosos em que podemos afirmar com toda a certeza que o seu insucesso e consequente queda no esquecimento se deveu a ser demasiado avançada para o seu tempo. No mesmo ano (1989) em que a Nintendo apresentava o monocromático Gameboy, a Atari lançava a portátil Lynx. Ecrã colorido e retro-iluminado, gráficos avançados e uma disposição dos botões que permitia um funcionamento ambidextro tornavam a Atari Lynx uma carta fora do baralho no mercado das consolas portáteis. Mas a Lynx não de destacava da concorrência só pelas funcionalidades inovadoras. A fraca autonomia, o preço proibitivo (cerca de 180 dólares) e um quase inexistente catálogo de jogos acabaram por vaticinar um fim trágico que a Atari ainda tentou evitar sem sucesso ao, em 1991, lançar uma versão melhorada da Lynx, habilmente nomeada Lynx II.

5. PC Engine - TurboGrafx 16

Se tivesse havido algum interesse por parte das software houses da altura, hoje estaríamos a falar da TurboGrafx 16 não como uma memória distante mas sim como um caso de sucesso. Infelizmente não é esse o caso e esta aventura da Hudson Soft com a NEC que tentava a todo o custo rivalizar com a Nintendo e a Sega estava condenada pelo fraco catálogo de jogos. Fraco, não em qualidade mas em quantidade. Porque títulos de qualidade era coisa que não lhe faltava, basta recordarmos o ultra violento Splatterhouse.

Apesar da qualidade gráfica, algumas limitações físicas da própria consola, como a impossibilidade de utilização de um segundo comando de raiz,que obrigava à compra de um acessório extra (o multitap) e a forte concorrência por parte da Sega., a Turbografx 16 conseguiu ultrapassar durante algum tempo a Sega no mercado Japonês. Isso deveu-se em grande parte à qualidade dos jogos lançados para o add onque permitia o uso de CDs, mas o elevado preço do mesmo acabou por fazer com que esta ficasse para trás nos mercados Norte Americano e Europeu.

Ver página seguinte »

Relacionados

Sugerimos também

Comentários